Todos os artigos > Violação de dados pessoais em aplicativos? 3 dicas importantes para garantir um uso seguro do seu celular
Violação de dados pessoais em aplicativos? 3 dicas importantes para garantir um uso seguro do seu celular
O fenômeno do FaceApp, o conhecido aplicativo que tem “envelhecido” fotografias de pessoas de todo o mundo, causou uma agitação em termos de segurança online. Muitos foram os questionamentos sobre até que ponto seu uso seria recomendado e seguro, apontando para uma suposta violação da proteção de dados pessoais. Pensando nisso, o Marc Oliveras, CTO …

Violação de dados pessoais em aplicativos? 3 dicas importantes para garantir um uso seguro do seu celular

Publicado: 26.07.2019 - 14:32, por eCompare.com.br

O fenômeno do FaceApp, o conhecido aplicativo que tem “envelhecido” fotografias de pessoas de todo o mundo, causou uma agitação em termos de segurança online. Muitos foram os questionamentos sobre até que ponto seu uso seria recomendado e seguro, apontando para uma suposta violação da proteção de dados pessoais. Pensando nisso, o Marc Oliveras, CTO …

O fenômeno do FaceApp, o conhecido aplicativo que tem “envelhecido” fotografias de pessoas de todo o mundo, causou uma agitação em termos de segurança online. Muitos foram os questionamentos sobre até que ponto seu uso seria recomendado e seguro, apontando para uma suposta violação da proteção de dados pessoais.

Pensando nisso, o Marc Oliveras, CTO do, empresa líder em catálogos online e serviços aumentar o tráfego para as lojas físicas, resolveu lembrar de três dicas essenciais para um uso responsável do smartphone quando o assunto é a instalação de qualquer aplicativo.

Escolha aplicativos oficiais e atualize-os

Baixar um aplicativo não pode ser um ato impensado, mas sim uma decisão consistente. É por isso que, sob nenhuma circunstância, é aconselhável instalar aplicativos de origem desconhecida ou não confiável: eles devem sempre vir de fontes oficiais para garantir o profissionalismo e as boas práticas em todos os momentos, de acordo com os regulamentos atuais. Além disso, também é importante atualizar o aplicativo com certa regularidade, já que isso melhora a funcionalidade e processos com níveis de segurança mais rígidos.

Leia as licenças do aplicativo e verifique as configurações

A falta de tempo no dia-a-dia não pode ser motivo para não prestar atenção nos serviços e conteúdos que instalamos em nosso dispositivo. O smartphone tornou-se um companheiro inseparável que acumula uma enorme quantidade de informações e é importante saber quais são os direitos e autorizações que damos a ele. É essencial ler atentamente tudo que autorizamos dar para cada aplicativo que desejamos instalar em nosso celular, para avaliar se as licenças pedidas são consistentes com o serviço fornecido. Revisar a configuração dos aplicativos instalados periodicamente é um excelente costume para ser mais consciente e totalmente responsável sobre o que está sendo permitido ou não.

O smartphone também precisa de antivírus

Prestar atenção nos dois pontos anteriores pode não ser suficiente. A grande facilidade de usar quase qualquer aplicativo indiscriminadamente e ter uma infinidade de consultas rápidas ao toque de um dedo pode representar um certo risco. Da mesma maneira que consideramos uma maior segurança para outros dispositivos, como computadores ou tablets, o smartphone não precisa ficar fora da proteção máxima disponível, por isso, também precisa de um antivírus. Afinal, segurança e tranquilidade andam de mãos dadas.

“A popularidade deste aplicativo de reconhecimento facial e edição ajudou a potencializar a polêmica. No entanto, antes de sair falando por aí sobre o assunto, devemos simplesmente analisar cuidadosamente as políticas seguidas pelo aplicativo e avaliar se estamos dispostos a transferir determinadas informações pessoais em troca do serviço que nos é fornecido. Afinal, a decisão final é sempre tomada pelo usuário ”, diz Marc Oliveras.