Todos os artigos > Sorocred prevê crescimento de 29% nas vendas do varejo na Black Friday 2018
Sorocred prevê crescimento de 29% nas vendas do varejo na Black Friday 2018
A Sorocred, empresa especializada em soluções de crédito, tecnologia e financiamento, com mais de 5 milhões de cartões de crédito emitidos em todo o Brasil, prevê um aumento de 29% no faturamento das vendas de varejo na Black Friday de 2018, em comparação com a mesma data em 2017. Nesse ano, o grande evento de promoções …

Sorocred prevê crescimento de 29% nas vendas do varejo na Black Friday 2018

Publicado: 19.11.2018 - 20:48, por eCompare.com.br

A Sorocred, empresa especializada em soluções de crédito, tecnologia e financiamento, com mais de 5 milhões de cartões de crédito emitidos em todo o Brasil, prevê um aumento de 29% no faturamento das vendas de varejo na Black Friday de 2018, em comparação com a mesma data em 2017. Nesse ano, o grande evento de promoções …

A Sorocred, empresa especializada em soluções de crédito, tecnologia e financiamento, com mais de 5 milhões de cartões de crédito emitidos em todo o Brasil, prevê um aumento de 29% no faturamento das vendas de varejo na Black Friday de 2018, em comparação com a mesma data em 2017. Nesse ano, o grande evento de promoções cai no dia 23 de novembro.

A empresa faz o acompanhamento dos faturamentos sobre datas sazonais (gráfico abaixo) e, com base nos dados, o faturamento médio nessas datas cresceu em média 28% em 2018, com destaque para o Dia das Mães, que teve um aumento de 30% em comparação às vendas de 2017.

Quando é avaliado o número de transações, o projetado pela Sorocred para o varejo brasileiro é um aumento de 16%, contra os 11% alcançados no Dia das Crianças, última data comemorativa que tivemos.

Para o ticket médio – o valor médio que cada cliente deve gastar no varejo – o estudo da empresa de cartões de crédito prevê um aumento de 11% para a Black Friday, dentro da média que as datas sazonais alcançaram até agora em 2018 em comparação com 2017.

De acordo com o sócio diretor, Túlio Saraval, esse aumento no faturamento e nas vendas se deve, em parte, à recuperação da confiança do consumidor. “O cliente precisa estar confiante que não vai perder seu emprego, que sua situação está estabilizada ou melhorando. Em outubro, o Índice de Confiança do Consumidor (ICC) da Fundação Getulio Vargas avançou 4,0 pontos, ao passar 82,1 pontos para 86,1 pontos, o que aponta que o consumidor está confiante e esperançoso quanto aos próximos meses. Isso tem um impacto direto nas vendas”, afirma o Saraval.

Além disso, Luiz Francisco Maciel, também sócio diretor, lembra que a cada ano que passa a Black Friday, já tradicional nos Estados Unidos, fica mais forte no Brasil. “Podemos perceber que alguns consumidores já começam a programar suas compras mais relevantes para essa data. Já esperam sabendo que teremos muitas promoções com preços e condições mais atrativos no comércio”, aponta Maciel.

Segundo os dados da Sorocred, em 2017 as mulheres foram responsáveis por 62% das compras na Black Friday e os homens pelos outros 38%. Em 2018, a empresa não vê muitas mudanças nesses números.

A projeção é feita na base de clientes da operadora de cartões de crédito que se concentra no Sudeste, Centro Oeste e Nordeste. A maior parte dos 5 milhões de clientes da Sorocred são das classes sociais B, C e D.