Todos os artigos > Planejamento estratégico: missão, visão e valores
Planejamento estratégico: missão, visão e valores
O planejamento estratégico é elaborado em cima de vários itens fundamentais, mas aqui falaremos sobre três que auxiliam na identificação da organização: missão, visão e valores. Mais do que servir como guia para ajudar a empresa a ir em direção ao sucesso, eles servem para nortear os funcionários (tanto na hora de tomar decisões no …

Planejamento estratégico: missão, visão e valores

Publicado: 08.07.2019 - 14:00, por eCompare.com.br

O planejamento estratégico é elaborado em cima de vários itens fundamentais, mas aqui falaremos sobre três que auxiliam na identificação da organização: missão, visão e valores. Mais do que servir como guia para ajudar a empresa a ir em direção ao sucesso, eles servem para nortear os funcionários (tanto na hora de tomar decisões no …

O planejamento estratégico é elaborado em cima de vários itens fundamentais, mas aqui falaremos sobre três que auxiliam na identificação da organização: missão, visão e valores. Mais do que servir como guia para ajudar a empresa a ir em direção ao sucesso, eles servem para nortear os funcionários (tanto na hora de tomar decisões no dia a dia quanto para saber como devem agir) e criar laços com os clientes (afinal, você atrai quem se identifica com você). Vamos falar mais sobre esses três pontos aqui neste artigo:

Definição dos conceitos

Se a sua empresa não possui esses três itens muito bem definidos, talvez seja hora de repensar isso! O tripé missão, visão e valores ajuda a criar, organizar e desenvolver uma empresa. Resumidamente, podemos dizer que são um conjunto de ideias que precedem a criação das estratégias e que as guiam para que o objetivo maior seja concluído da melhor maneira possível. Vamos analisá-los individualmente:

1. Missão

A missão é aquele mantra que deve ser repetido por todos os funcionários, em todos os níveis hierárquicos, durante todo o período de trabalho, para relembrar constantemente o motivo da empresa existir, por isso deve ser uma ideia concisa e objetiva.

Ela deve responder algumas perguntas como: “por que a empresa existe?”, “qual é o foco de atuação?”, “como o seu produto/serviço vai melhorar a vida do consumidor?”, etc. Agindo assim, você deixará uma boa impressão da sua empresa no mercado, passando credibilidade ao público.

2. Visão

Aqui, estamos falando de algo que você almeja para o futuro da sua empresa. Você deve responder algumas perguntas como: qual a meta da sua empresa? E os objetivos? Aonde você deseja estar daqui 10 ou 20 anos? O que fará para conquistar isso? Em qual direção devem ser focados os esforços?

Esse item é muito importante, porque ele que guiará toda a elaboração do planejamento estratégico. Sua equipe traçará as ações, objetivos secundários e estratégias de acordo com essa visão, afinal, eles deverão concretizar o que foi planejado.

Mas fique atento uma coisa: não planeje algo inalcançável. Esse objetivo precisa ser real (atingível), estar de acordo com o que sua empresa vive (realista), ter coerência, ser claro para toda a organização, ser de fácil assimilação para o público interno (colaboradores) e externo (clientes, fornecedores e sociedade) e, principalmente, ser ético e inspirador, assim, é possível engajar tanto as pessoas que trabalham na empresa quanto os clientes e fornecedores em prol da conclusão dessa visão.

3. Valores

Por fim, temos os valores da empresa. Estamos falando sobre os princípios éticos e morais (a filosofia, as atitudes e as crenças) da empresa, ou seja, como a organização se comporta enquanto a missão e a visão estão em prática. Cada item estabelecido como valor deve ser praticado no dia a dia entre o público interno e com o público externo para conseguir resultados positivos.

Sabe por que é importante deixar esses pontos bem claros? Eles que passarão para o mercado a forma como a sua empresa pretende ser reconhecida. Por isso podemos dizer que ao estabelecer os valores da empresa, você está definindo os princípios dela.

Então, eles devem ser claros e objetivos, permitindo que todo mundo compreenda aquilo, e precisam ser obrigatórios, os seja, todo o público interno deve seguir à risca para que seja algo coerente, assim, sua empresa mostra que está em sintonia e passa profissionalismo e credibilidade para o público.

Conclusão

Primeiro, gostaríamos de dizer que esses três itens (missão, visão e valores) devem ser bem elaborados, estar em fácil acesso e serem divulgados, porque eles ajudam no sucesso da empresa e aumenta seus bons resultados – certifique-se de que está dando a devida atenção a esses pontos.

Segundo, não basta ter uma ótima redação desses tópicos e não os aplicar na prática. Todos devem estar trabalhando em sintonia, de forma coerente, com os mesmos parâmetros e em prol de um mesmo objetivo para ter os melhores resultados.

Terceiro, o mercado não é estático, ele passa por transformações, é por isso que esses itens devem estar sempre sendo analisados e ponderados, para saber se a empresa está seguindo as definições e aonde precisaria mudar.