Todos os artigos > Onde se escondem os gastos invisíveis?
Onde se escondem os gastos invisíveis?
Seu dinheiro mal caiu na conta e em pouco tempo você já se vê sem a quantia que gostaria de ter poupado. A pergunta é: como esse dinheiro tem desaparecido? Estes são os gastos invisíveis, que nada mais são que os gastos desnecessários. Você pode não perceber e tampouco se importar, mas eles existem e …

Onde se escondem os gastos invisíveis?

Publicado: 22.07.2019 - 13:54, por eCompare.com.br

Seu dinheiro mal caiu na conta e em pouco tempo você já se vê sem a quantia que gostaria de ter poupado. A pergunta é: como esse dinheiro tem desaparecido? Estes são os gastos invisíveis, que nada mais são que os gastos desnecessários. Você pode não perceber e tampouco se importar, mas eles existem e …

Seu dinheiro mal caiu na conta e em pouco tempo você já se vê sem a quantia que gostaria de ter poupado. A pergunta é: como esse dinheiro tem desaparecido? Estes são os gastos invisíveis, que nada mais são que os gastos desnecessários. Você pode não perceber e tampouco se importar, mas eles existem e pesam muito durante e no final do mês.

Poucas pessoas prestam atenção aos gastos invisíveis e, para conseguir controlar suas finanças, é preciso dar visibilidade para essas despesas e entender, realmente, para onde o seu dinheiro está indo. Só assim é possível ter uma noção real das pegadinhas que estes tipos de gastos carregam.

A pegadinha começa quando você não lembra de pagar aquele boleto gerado, por exemplo. As multas e taxas colocadas em cima do valor inicial pesam muito na cobrança final e você acaba gastando muito mais do que o orçamento previsto.

Tem também os pacotes de TV por assinatura que, assim como planos para celulares, são os maiores campeões em gastos invisíveis. Na hora da compra, optamos por pacotes mais completos, mas ignoramos a nossa realidade. Vale aqui uma super mudança do seu mindset:  começar a observar sua rotina, considerando o que realmente é usado por você dentro do serviço obtido. Fazendo essa análise, você passa a ter escolhas que de fato são necessárias e que são usadas com frequência em sua rotina. Dado esse passo, você estará muito mais ciente do que é ofertado e o que está sendo usado, e a partir daí, chegou a hora de ligar para a prestadora do serviço comprado e negociar um preço justo e coerente com o seu bolso, livre de pegadinhas.

Outro serviço que acaba passando imperceptível entre outros valores cobrados na fatura, são as anuidades do cartão de crédito, um gasto extra embutido pelos bancos. O “truque” é pagar suas faturas dentro do prazo, porque sendo um cliente regrado com os seus pagamentos, você terá mais chances de negociar um preço legal com o seu banco. Encare isso como bônus – cliente em dia, mais possíveis benefícios para abraçar. Uma vantagem também é optar por bancos digitais, já que tudo é realizado online, logo, livre de cobranças adicionais.

Sabe aquele pão na chapa acompanhado de um pingado ou aquela sobremesa “de lei” depois do almoço? Então, pois é, eles também são gastos invisíveis. Por mais mínimo que esse comportamento esteja presente na sua rotina, ele tem um peso considerável que não podemos ignorar. Mas para reverter esses gastos, só é preciso fazer algo bem simples – coma em casa! Tome seu café da manhã em casa, capriche nas compras do mês e leve alguns snacks para o trabalho, faculdade ou escola. Será uma redução de gastos positiva do seu dinheiro, e você vai ver que, o que estava durando pouco tempo na conta, vai superar suas expectativas.

O importante é sempre ter em mente que para contornar as despesas com esses gastos invisíveis é preciso ter uma organização financeira mais criteriosa. Ter mais controle dos valores que entram e saem e, o mais importante, observar como o dinheiro é gasto. Comece a colocar na ponta do lápis todos esses valores que comentamos aqui,  tenha de volta o controle de suas finanças e passe a poupar mais.