Todos os artigos > Margem e markup não são a mesma coisa, saiba como diferenciá-los
Margem e markup não são a mesma coisa, saiba como diferenciá-los
Identificar o valor certo de um produto é algo que exige estratégia, psicologia e atenção O avanço da tecnologia e todas as facilidades que as soluções digitais permitem aos usuários fazem com que o consumidor tenha formas de comparar preços com mais facilidade, possa avaliar empresas por parte de outros clientes e tenha acesso a …

Margem e markup não são a mesma coisa, saiba como diferenciá-los

Publicado: 21.03.2019 - 13:10, por eCompare.com.br

Identificar o valor certo de um produto é algo que exige estratégia, psicologia e atenção O avanço da tecnologia e todas as facilidades que as soluções digitais permitem aos usuários fazem com que o consumidor tenha formas de comparar preços com mais facilidade, possa avaliar empresas por parte de outros clientes e tenha acesso a …

Identificar o valor certo de um produto é algo que exige estratégia, psicologia e atenção

O avanço da tecnologia e todas as facilidades que as soluções digitais permitem aos usuários fazem com que o consumidor tenha formas de comparar preços com mais facilidade, possa avaliar empresas por parte de outros clientes e tenha acesso a práticas de outras companhias, mesmo aquelas localizadas em pontos distantes de seu trajeto.

Os varejistas estão mudando e incorporando aspectos cada vez mais estratégicos, que vão além do cálculo mais puro que considera apenas fatores internos da empresa, como despesas, custos e lucros.

Fatores externos e intangíveis também passam a ser considerados nessa etapa da gestão, importantíssima para os resultados do negócio.

[embedded content]

O consultor e instrutor em pricing da SimTax Consultoria e Treinamentos, Jiovanni Coelho, destacou em sua palestra Lucratividade e Preço de Vendas, ocorrida na última terça-feira (19/03), na sala Varejo em Foco, coordenada pela Contento Comunicação, durante evento Abradilan Conexão Farma 2019, que ainda há muitas dúvidas entre os varejistas, sobretudo no que diz respeito ao que é margem e markup.

Ele questiona: “Você compra e precifica todos os seus produtos buscando ter lucratividade, certo? Porém quando vai fechar o mês, parece que não sobrou o que tinha planejado? É uma sensação frustrante, não é?”

Segundo Coelho, esse cenário pode mudar. “Você pode ter grande experiência em seu negócio e estar até aplicando o método de markup, mas o convido a entender o conceito de margem. A principal diferença deste método é que ele garante o ganho sobre a venda, o que deixa a lucratividade mais clara. Pare de usar markup e comece a usar margem.”

As vantagens são: ter a lucratividade do negócio de forma clara; não ter problemas e erros de comunicação; e ter tranquilidade na hora de dar desconto e comissão, pois tido estará na mesma base, ou seja, no preço de venda.

O simulador que ele mencionou durante sua palestra, estará disponível no Portal do Guia da Farmácia (www.guiadafarmacia.com.br) em breve.

Compartilhe: