Todos os artigos > Engajamento dos colaboradores é fundamental para prevenir acidentes de trabalho
Engajamento dos colaboradores é fundamental para prevenir acidentes de trabalho
Share on Facebook Compartilhar Share on Twitter Compartilhar Share on Linkedin Compartilhar Send email E-Mail Print this Imprimir Proporcionar um local de trabalho seguro e ter no modelo de gestão da empresa a qualidade de vida dos colaboradores como prioridade é essencial para que todos se sintam protegidos. A preocupação com o bem-estar dos funcionários, …

Engajamento dos colaboradores é fundamental para prevenir acidentes de trabalho

Publicado: 16.04.2019 - 14:00, por eCompare.com.br

Share on Facebook Compartilhar Share on Twitter Compartilhar Share on Linkedin Compartilhar Send email E-Mail Print this Imprimir Proporcionar um local de trabalho seguro e ter no modelo de gestão da empresa a qualidade de vida dos colaboradores como prioridade é essencial para que todos se sintam protegidos. A preocupação com o bem-estar dos funcionários, …

Share on Facebook Compartilhar

Share on Twitter Compartilhar

Share on Linkedin Compartilhar

Send email E-Mail

Print this Imprimir

Proporcionar um local de trabalho seguro e ter no modelo de gestão da empresa a qualidade de vida dos colaboradores como prioridade é essencial para que todos se sintam protegidos. A preocupação com o bem-estar dos funcionários, além de uma vantagem competitiva para a empresa, é fundamental para a manutenção da segurança no ambiente organizacional. Para tanto, é de vital importância que todos os envolvidos compreendam seus deveres e direitos.

Uma das iniciativas para conscientização sobre saúde, segurança e prevenção de acidentes nas empresas é prevista pela Norma Regulamentadora – NR 5. Trata-se da obrigatoriedade da realização da Semana Interna de Prevenção ao Trabalho (SIPAT), que deve ser organizada pela Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA). Durante o período, um grupo de colaboradores fica responsável por gerenciar atividades direcionadas e fiscalizar os setores da empresa, atuando com a precaução necessária para evitar acidentes no ambiente de trabalho.

A partir das informações fornecidas e treinamentos ministrados por gestores capacitados, o assunto segurança no local de trabalho passa a ser de responsabilidade de todos. Quando o colaborador tem pleno conhecimento das medidas preventivas e assume postura participativa no cumprimento das mesmas, preserva não só sua integridade física, mas também a de seus colegas. Com um olhar cada vez mais participativo, o funcionário perceberá possíveis situações de risco, minimizando, sempre que possível, as consequências em casos de acidentes.

Em suma, prevenir acidentes de trabalho resulta da prática de duas ações realizadas em conjunto: da conscientização adotada por meio de órgãos competentes, como a realização da SIPAT, e do engajamento dos colaboradores na busca por um local de trabalho cada vez mais seguro.

Desenvolvendo a SIPAT

Todas as vezes que a CIPA solicitar, uma SIPAT deverá ser organizada para esclarecer dúvidas, rever procedimentos de segurança e implantar medidas que visam eliminar possíveis causas internas de acidentes. Portanto, não há uma época específica para que a SIPAT ocorra, apenas a necessidade. A semana pode ser bem trabalhada, por exemplo, próxima ao Dia Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho, celebrado em 29 de julho.

Outro ponto importante é que, durante a SIPAT, os colaboradores possam ser orientados por especialistas no assunto, que poderão ser convidados especialmente para o evento. Um ciclo de palestras com o objetivo de implantar pequenas medidas de segurança para prevenir acidentes é uma ferramenta valiosa para a semana de treinamento. Além disso, é possível criar atividades pontuais sobre temáticas diferentes para oferecer mais variedade aos colaboradores.

Com isso, o engajamento ocorre naturalmente, pois o colaborador se sente mais motivado a participar do evento, pois passa a compreender que a empresa se preocupa genuinamente com a qualidade de vida dele. A semana deve ser planejada com atividades que envolvam todos na conscientização: treinamentos, workshops, avaliações com médicos do trabalho, atividades lúdicas, dinâmicas, gincanas, entre outras.

Destaco, por fim, que a organização de uma SIPAT é, sem dúvida, uma maneira eficaz de proteger os colaboradores e evitar afastamentos por doenças ou tratamentos médicos, bem como evitar ações trabalhistas futuras. Toda medida preventiva será de grande valia para assegurar o bom andamento das atividades na empresa e, o mais importante, investir na valorização do material humano, prezando sempre pela qualidade de vida e bem-estar de todos.