Todos os artigos > Como esse empreendedor está levando inovação para gestão de franquias
Como esse empreendedor está levando inovação para gestão de franquias
Na busca de uma recuperação econômica mais consolidada, o ano de 2018 ainda foi bastante desafiador para muitos empresários. E para os pequenos e médios que atuam no varejo não foi diferente. E Henrique Carbonell sente isso na pele diariamente. Como franqueado da rede de produtos de beleza O Boticário, ele e seu pai, Fernando, …

Como esse empreendedor está levando inovação para gestão de franquias

Publicado: 22.01.2019 - 17:00, por eCompare.com.br

Na busca de uma recuperação econômica mais consolidada, o ano de 2018 ainda foi bastante desafiador para muitos empresários. E para os pequenos e médios que atuam no varejo não foi diferente. E Henrique Carbonell sente isso na pele diariamente. Como franqueado da rede de produtos de beleza O Boticário, ele e seu pai, Fernando, …

Na busca de uma recuperação econômica mais consolidada, o ano de 2018 ainda foi bastante desafiador para muitos empresários. E para os pequenos e médios que atuam no varejo não foi diferente. E Henrique Carbonell sente isso na pele diariamente. Como franqueado da rede de produtos de beleza O Boticário, ele e seu pai, Fernando, sempre fizeram questão de buscar as melhores soluções para fazer a gestão financeira de suas lojas de forma eficiente. Com esse cenário em vista, um empreendedor conseguiu aproveitar a oportunidade e levar inovação para o setor de franquias.

Na busca por inovação e facilidade na operação, Carbonell desenvolveu uma ferramenta específica. Desta forma, nasceu o Finanças 360º, uma startup que tem por objetivo auxiliar pequenos e médios varejistas que atuam como franqueados de diversas marcas a terem uma gestão financeira completa. Por meio da plataforma, é possível, em uma única solução, realizar a gestão financeira da operação – como controle do fluxo de caixa, do Demonstrativo do Resultado do Exercício (DRE), do Contas a Pagar e a da conciliação bancária e de cartão.

Henrique conta que a gestão financeira por si só não era a principal dificuldade. A questão que mais preocupava era na parte da conciliação do recebível por vendas feitas no cartão. “Se o varejista não fizer uma boa conciliação das vendas, ele vai estar perdendo dinheiro e não vai conseguir fazer uma gestão financeira efetiva”, afirma. “As plataformas de gestão financeira atuais se propõem basicamente a chegar em um DRE e fluxo de caixa. Porém, muitas vezes, esses dados não refletem a realidade. Nós nos propormos a ajudar o empresário a ter uma gestão fácil e eficiente, automatizando diversos processos do dia a dia, de modo que o demonstrativo financeiro e o fluxo de caixa reflitam realmente o que está acontecendo em seu negócio”, complementa.

A construção do sistema foi iniciada em 2013, e a plataforma só começou a ser comercializada efetivamente em 2016. Mas foi em 2018 que o empreendedor viu a oportunidade de ajudar muitos empresários do setor. “Momentos de crise e incerteza fazem com que as pessoas se reinventem, revejam seus processos e busquem por mais eficiência. Portanto, foi um cenário positivo para nós”, diz Carbonell. Segundo ele, a carteira de clientes da startup quase que dobrou neste ano em relação a 2017, fechando com 2100 lojas utilizando o sistema em todo o Brasil. Franqueados de grandes redes, como Chilli Beans, Arezzo, Adidas, Óticas Carol, Havaianas, entre outras, são alguns dos exemplos de marcas que já rodam com a solução. Com isso, o faturamento de 2018 fechou em R$ 3,5 milhões.

Com esse resultado atingido, a startup atraiu a atenção de investidores e até mesmo do espaço de inovação do Bradesco. “Tivemos um ano de 2018 cheio de conquistas e evolução. Em junho fomos escolhidos pelo Bradesco e passamos a fazer parte do InovaBra. Com isso todo o time comercial, implantação e desenvolvimento passaram a ficar alocados no prédio do Habitat, em São Paulo”, conta Carbonell. Além disso, o grupo de investimento HiPartners Capital & Work, do empresário Walter Sabini Junior, também investiu no Finanças 360 º.

Para o ano, o empreendedor projeta crescimento. “Pretendemos fechar 2019 com cinco mil pontos de vendas, crescendo 138%”, diz. Carbonell avalia que o novo ano deve ser mais amigável para os empresários varejistas. “Sem dúvida será um ano de grandes mudanças e com uma visão muito mais otimista do que tivemos nos últimos tempos. Vejo as grandes franqueadoras buscando novas alternativas de ferramenta de gestão e isso irá contribuir muito para o nosso crescimento no ano”, afirma. A expectativa é que o faturamento da startup chegue a R$ 5,5 milhões no período.

Hoje o Finanças 360º conta com 15 colaboradores no seu corpo de funcionários, e tem o objetivo de chegar a 2019 com mais oito contratações. A ideia da startup é oferecer inovação para os varejistas de pequeno e médio porte. “Já estamos desenvolvendo integração com sistemas contábeis e gestão de departamento pessoal”, conta Carbonell.