Todos os artigos > Como escolher o domínio e a hospedagem de sites para sua loja virtual
Como escolher o domínio e a hospedagem de sites para sua loja virtual
Share on Facebook Compartilhar Share on Twitter Compartilhar Share on Linkedin Compartilhar Send email E-Mail Print this Imprimir Empreender na internet não é uma tarefa fácil, mas pode ser uma ótima oportunidade para quem quer ser o dono da própria empresa ou para quem quer expandir as vendas do varejo físico para todo o país. …

Como escolher o domínio e a hospedagem de sites para sua loja virtual

Publicado: 05.04.2019 - 18:54, por eCompare.com.br

Share on Facebook Compartilhar Share on Twitter Compartilhar Share on Linkedin Compartilhar Send email E-Mail Print this Imprimir Empreender na internet não é uma tarefa fácil, mas pode ser uma ótima oportunidade para quem quer ser o dono da própria empresa ou para quem quer expandir as vendas do varejo físico para todo o país. …

Share on Facebook Compartilhar

Share on Twitter Compartilhar

Share on Linkedin Compartilhar

Send email E-Mail

Print this Imprimir

Empreender na internet não é uma tarefa fácil, mas pode ser uma ótima oportunidade para quem quer ser o dono da própria empresa ou para quem quer expandir as vendas do varejo físico para todo o país. Mas antes mesmo de publicar um site, surgem algumas dúvidas: como escolher um domínio? Onde hospedar meu site? Qual é a plataforma mais adequada?

Existem algumas dicas valiosas de como uma hospedagem de sites pode te ajudar a começar um e-commerce. É claro que existem muitos outros processos envolvidos na criação de uma loja virtual como a execução da logística, dos pagamentos, do marketing e muitos outros, mas este é um papo para outro artigo.

Importante também ressaltar que começar uma loja virtual é como começar um negócio tradicional: é preciso pesquisar quem será seu consumidor, qual será o produto vendido, quais são seus concorrentes, que tipos de investimento serão necessários, entre outros detalhes. Caso tenha dúvidas quanto a esta etapa, o ideal é procurar entidades como o Sebrae ou empresas de consultoria e especialistas em e-commerce.

Ok, estoque pronto, planejamento do negócio definido, é hora de partir para o próximo passo: o que você precisa fazer para colocar sua loja virtual no ar.

1ª etapa: escolha o domínio certo para a sua loja virtual

Imagina que você vai comprar um terreno para construir uma casa. A primeira coisa que vai precisar saber é o seu endereço. De forma simplificada, um domínio é um endereço na internet, o nome pelo qual seus clientes vão chegar até você.

Por ser sua ‘porta de entrada’, é importante que este domínio seja fácil de lembrar, pronunciar e escrever. Por isso, uma boa dica é escolher um domínio que aponte direto para o tipo de produto que você vende, por exemplo, ‘pedrocarimbos.com.br’ – ao invés de ‘lojadopedro.com.br’.

Uma curiosidade sobre domínios: você sabia que existe uma variação enorme de extensões além do ‘.com.br’? Alguns tipos são: ‘.store’, ‘.online’, ‘.site’ e ‘.sampa.br’. Cada um indica uma finalidade, como por exemplo o ‘.sampa.br’ que representa negócios localizados em São Paulo. Se você achou curioso, vale a pena depois dar uma aprofundada e ver outras boas práticas de como escolher um bom domínio para a sua loja aqui.

O próximo passo depois de escolher um domínio é verificar se ele está disponível. Sim, alguém pode ter escolhido o mesmo nome antes de você, por isso, se ele estiver livre, faça o seu registro o mais rápido possível. Este processo é simples: basta acessar o site de uma empresa de registro de domínio ou do Registro.br e realizar o pagamento pelo período de uso que desejar (a partir de um ano). Lembre-se de renovar seu domínio quando o prazo de expiração estiver próximo para não perder o seu nome.

2ª etapa: hospede seu site em um servidor seguro

Pronto, agora que você já registrou o seu endereço na internet vai precisar de um serviço de hospedagem de sites. A hospedagem de sites é o seu ‘terreno’: esta empresa será responsável por armazenar os arquivos e dados do seu e-commerce, como vídeos, textos e imagens em seus servidores.

Há muitos planos de hospedagem de sites disponíveis no mercado, por isso é fundamental mapear as necessidades do seu e-commerce antes de efetivar a contratação. Dê preferência para pacotes otimizados para lojas virtuais, já que eles oferecem recursos mais adequados e úteis para o seu site, como um Criador de Sites ou um Gerenciador de Conteúdo (WordPress, Joomla, Magento, etc).

Outros fatores relevantes na hora de contratar: verifique a reputação da empresa, se os servidores são estáveis e seguros (afinal ninguém merece ficar fora do ar em plena Black Friday), a qualidade do suporte e se é possível solicitar ajuda 24 horas por dia. Estes são pontos importantes a considerar sempre que for contratar um parceiro ou fornecedor.

Ah e não se esqueça de adicionar o seu domínio ao plano de hospedagem contratado, pois sem essa informação os computadores não conseguirão exibir o seu site. Veja aqui como fazer.

3ª etapa: publique sua loja virtual com um criador de sites ou gerenciador de conteúdo

Se a hospedagem de sites é o seu terreno, a plataforma é o material necessário para começar a construir a sua loja. É neste ambiente que você vai poder criar o layout, o conteúdo e outros elementos da sua loja e personalizá-la do seu jeito.

Importante ressaltar que para quem está criando um e-commerce do zero existem dois caminhos a seguir: contratar uma plataforma paga ou usar uma gratuita. Se a ideia é fazer tudo por conta própria ou chamar um desenvolvedor para ajudar, a melhor opção é recorrer às soluções gratuitas como WooCommerce (plataforma do WordPress), Magento ou PrestaShop.

Esta é uma grande decisão. Além de encontrar a plataforma que te dê mais confiança, velocidade e segurança, você precisa entender se os recursos que ela dispõe para personalizar layout, conteúdo, expandir, alterar recursos serão suficientes para acompanhar o seu crescimento de tráfego de visitas. Quanto mais flexível ela for, melhor para o seu site se desenvolver.

Indo um pouco além: ela precisa ser fácil para que você ou a sua equipe façam o gerenciamento de pedidos, controle de estoque e outras tarefas diárias de um e-commerce. Antes de qualquer coisa faça um checklist com perguntas-chave para fazer durante a decisão de contratar a plataforma.

Outra opção bem simples para quem é leigo no desenvolvimento de plataformas ou não pode contratar um programador logo no início é usar um Criador de Sites. O Criador de Sites é uma solução prática para começar a sua presença online, com layouts prontos e customizáveis no modelo ‘arrasta e solta’. Veja um exemplo de loja virtual feita com um Criador de Sites:

Se você quer ter sucesso no e-commerce, é essencial seguir cada passo com atenção: não se desespere, faça tudo com calma e pesquise muito bem antes de tomar cada decisão.