Todos os artigos > Como colocar o seu e-commerce no ar
Como colocar o seu e-commerce no ar
Share on Facebook Compartilhar Share on Twitter Compartilhar Share on Linkedin Compartilhar Send email E-Mail Print this Imprimir Imagine o seguinte cenário: você decidiu começar o seu e-commerce e já tem uma ideia clara do que quer vender. Porém, está com uma certa dificuldade na etapa de criação do site. Dúvidas como “quanto custa”, “por …

Como colocar o seu e-commerce no ar

Publicado: 17.05.2019 - 15:33, por eCompare.com.br

Share on Facebook Compartilhar Share on Twitter Compartilhar Share on Linkedin Compartilhar Send email E-Mail Print this Imprimir Imagine o seguinte cenário: você decidiu começar o seu e-commerce e já tem uma ideia clara do que quer vender. Porém, está com uma certa dificuldade na etapa de criação do site. Dúvidas como “quanto custa”, “por …

Share on Facebook Compartilhar

Share on Twitter Compartilhar

Share on Linkedin Compartilhar

Send email E-Mail

Print this Imprimir

Imagine o seguinte cenário: você decidiu começar o seu e-commerce e já tem uma ideia clara do que quer vender. Porém, está com uma certa dificuldade na etapa de criação do site. Dúvidas como “quanto custa”, “por onde começar” ou “preciso pagar para alguém fazer pra mim” são bem comuns visto que o mundo da tecnologia pode parecer complicado para quem não está acostumado com ele. Se identificou?

A boa notícia é que nada disso precisa ser complicado e que você mesmo pode criar o seu site se estiver disposto a colocar a mão na massa. Vamos lá?

O primeiro passo: é possível criar um site sozinho

Atualmente, existem ferramentas que tornam essa tarefa — mesmo que o usuário não tenha experiência em design ou programação — muito mais fácil. Um dos exemplos é o WordPress, uma das plataformas para gerenciamento de conteúdo mais utilizadas na criação de páginas web. Ele possui templates e plugins específicos para lojas online como o WooCommerce, que permite a criação e gerenciamento de um e-commerce por completo.

Já o Criador de Sites também é uma ótima ferramenta para quem quer criar um site ou uma loja virtual de maneira simples. Ele permite que o usuário personalize a página como quiser, oferece mais de 200 temas, um banco de imagens gratuito e um painel de edição “arrasta-e-solta” intuitivo e fácil de usar.

Transferir um site para outro de servidor

Se por acaso você já possui um e-commerce ativo, em algum momento pode precisar migrá-lo para outro servidor. Geralmente, a equipe técnica das empresas de hospedagem faz esse serviço de forma gratuita, como é o caso da HostGator. Isso vale também para casos onde o crescimento acelerado do site demanda a migração para um servidor dedicado. Contudo, deve-se primeiro conferir se há compatibilidade de estrutura e tamanho dos arquivos a serem transferidos.

Hospedagem Paga X Hospedagem Gratuita

Os planos gratuitos de hospedagem de site são muito atrativos e podem funcionar bem para pequenos projetos, mas quando o site começa a crescer, problemas relacionados a limitações de recursos se tornam cada vez mais frequentes. Mais grave ainda são os casos em que clientes não conseguem migrar de servidor. No final das contas, esse pode ser um clássico exemplo do “barato que sai caro”, tornando-se um obstáculo no desenvolvimento do seu negócio.

Espaço em disco ilimitado

Muitas propagandas de hospedagem anunciam a venda de planos com espaço em disco ilimitado. No entanto, isso não quer dizer que ele é infinito. Todos os servidores de hospedagem são limitados à sua estrutura, por isso todo disco possui um limite de armazenamento.

A quantidade de espaço ideal para cada projeto na web depende do conteúdo que será utilizado nele. Por exemplo, se o seu e-commerce precisa de muitas páginas com fotos e vídeos, o recurso de espaço deve ser priorizado. Na HostGator, os planos de hospedagem de sites possuem capacidade robusta de armazenamento de 100 a 150GB.

Uptime do Servidor

O uptime é a garantia de disponibilidade de um servidor. Apesar de algumas provedoras oferecerem planos com 100% de uptime, essa não é uma realidade possível. Muitos fatores influenciam o funcionamento de um servidor de hospedagem e podem fazer com que ele fique indisponível, até mesmo uma reinicialização de máquina. O máximo que pode ser atingido de uptime é ente 99,5% e 99,9%, como é o caso do serviço disponibilizado na HostGator.

Segurança do E-commerce

Investir em segurança é fundamental para tornar seu e-commerce mais confiável aos olhos do cliente. Um recurso indispensável para transmitir credibilidade online é o Certificado de Segurança SSL (Secure Socket Layer), que usa criptografia para proteger os dados do visitante em transações financeiras e confidenciais.

Além disso, desde 2018, após atualizações no navegador Chrome, o Google considera a presença do SSL como um fator positivo para ranqueamento orgânico, por privilegiar ambientes seguros para os seus usuários.

Algumas empresas de hospedagem já oferecem o certificado SSL gratuito em seus planos de hospedagem.

É fundamental estar ciente destes principais pontos relacionados a hospedagem de sites antes de colocar o seu e-commerce no ar. Conhecimento é sempre a melhor saída para fazer a melhor escolha e evitar futuros contratempos.