Todos os artigos > Cinco estratégias para fazer este ser o melhor Natal de todos os tempos
Cinco estratégias para fazer este ser o melhor Natal de todos os tempos
Passada a Black Friday, o e-commerce brasileiro espera ansioso pelo movimento das compras de fim de ano. Natal, festas e férias. Os eventos típicos de dezembro alavancam o movimento dos consumidores nas lojas de todos os setores. Seguindo a tradição, a data representa o maior período de arrecadação do ano e o comércio eletrônico tem …

Cinco estratégias para fazer este ser o melhor Natal de todos os tempos

Publicado: 13.12.2018 - 18:30, por eCompare.com.br

Passada a Black Friday, o e-commerce brasileiro espera ansioso pelo movimento das compras de fim de ano. Natal, festas e férias. Os eventos típicos de dezembro alavancam o movimento dos consumidores nas lojas de todos os setores. Seguindo a tradição, a data representa o maior período de arrecadação do ano e o comércio eletrônico tem …

Passada a Black Friday, o e-commerce brasileiro espera ansioso pelo movimento das compras de fim de ano. Natal, festas e férias. Os eventos típicos de dezembro alavancam o movimento dos consumidores nas lojas de todos os setores. Seguindo a tradição, a data representa o maior período de arrecadação do ano e o comércio eletrônico tem uma chance única de impulsionar as vendas e fechar 2018 com um balanço positivo.

Dados levantados pela Criteo sobre o hábito do consumidor durante a Black Friday demonstraram que o tráfego no e-commerce brasileiro triplicou em relação à média do mês de outubro, o que resultou em um aumento de 5,4 vezes nas vendas.

Na noite da quinta-feira, véspera da data promocional, as vendas pela Internet registraram crescimento de 4 vezes no desktop e 4,5 vezes no celular quando comparadas à quinta-feira anterior. No ranking de produtos mais vendidos, estiveram smartphones, calçados e TVs.

Os consumidores devem seguir comportamento semelhante ao período da Black Friday e os varejistas devem ficar atentos a cinco estratégias essenciais para aumentar o tráfego de consumidores nas lojas on-line neste final de ano:

1) Engaje os consumidores agora! Quanto mais cedo, melhor. A primeira recomendação é seguir com os esforços para engajar o consumidor, já que a Black Friday confirmou a tendência de antecipação das compras de fim de ano. A procura pelas ofertas já começou em outubro e seguiu por novembro por conta das promoções.

2) Foque no mobile. A segunda recomendação é investir nas vendas pelos dispositivos móveis. Sua loja virtual precisa ser responsiva e proporcionar a melhor experiência de compra. Não esqueça da sua estratégia omnichannel. Em geral, navegar em dispositivos móveis e comprar em computadores ainda é a norma, embora haja também casos em que os consumidores navegam em desktop e concluem a compra via mobile.

Durante a Black Friday a escolha do canal teve variação dependendo da categoria. Os smartphones e tablets foram usados principalmente para comprar Alimentos e Bebidas (95%), enquanto o desktop foi predominante no Varejo (60%) e em Viagens (69%).

3) Continue apostando no online. Já se foi o tempo em que os consumidores disputavam os presentes em corredores lotados nos shopping centers. Não é mais assim. A tendência crescente das compras online nas datas sazonais no Brasil pode ser comprovada pelo sucesso da Black Friday, que vem se tornando tão relevante quanto as compras natalinas ou as liquidações de janeiro promovidas pelo varejo brasileiro para queima de estoque.

Portanto, a recomendação é não perder oportunidades criadas durante a Black Friday para manter suas vendas em alta neste final do ano. É fundamental que marcas e varejistas mantenham suas ações de publicidade, com ações em diferentes canais de marketing, para aproveitar as compras por impulso. Leve em consideração que os consumidores ficam mais sensíveis a ofertas neste período e costumam até mesmo se presentear.

4) It’s all about data! Com os dispositivos móveis dominando as festas de fim de ano, é imperativo que os profissionais de marketing pensem em como se conectar melhor com os consumidores na medida em que eles se movimentam entre dispositivos e canais.

Para isso, é essencial contar com uma equipe de marketing capacitada para trabalhar com análise e estratégias de dados visando conectar os potenciais compradores em todos os pontos de contato, evitando perdê-los durante a jornada de compra. Então, neste Natal, abuse dos dados para criar a melhor experiência possível para seus clientes. Quanto mais personalizada for sua campanha, maior será sua conversão em vendas.

5) A venda também é instantânea. A última recomendação é criar momentos significativos. Tenha em mente que os consumidores buscam a melhor experiência independente do canal e precisam encontrar facilmente o que estão buscando na hora que quiserem e onde quiserem. Esteja conectado com eles o tempo todo e construa ações instantâneas de marketing para conquistá-los.

Você não vai querer perder a última chance do ano de esvaziar seu estoque, vai? Então planeje, conecte-se, anuncie, seja omnichannel e boas vendas!