Todos os artigos > Brasileirão promove apostas para ajudar Hospital Cruz Verde
Brasileirão promove apostas para ajudar Hospital Cruz Verde
Acertar o resultado dos jogos do Brasileirão tem provocado empresários e políticos a contribuir progressivamente com cestas básicas e produtos específicos para o Hospital Cruz Verde. A instituição, referência em paralisia cerebral grave, é conveniada ao SUS, porém depende em mais de 35% de doações para manter os 204 internos permanentes. As apostas começaram com …

Brasileirão promove apostas para ajudar Hospital Cruz Verde

Publicado: 10.05.2019 - 18:16, por eCompare.com.br

Acertar o resultado dos jogos do Brasileirão tem provocado empresários e políticos a contribuir progressivamente com cestas básicas e produtos específicos para o Hospital Cruz Verde. A instituição, referência em paralisia cerebral grave, é conveniada ao SUS, porém depende em mais de 35% de doações para manter os 204 internos permanentes. As apostas começaram com …

Acertar o resultado dos jogos do Brasileirão tem provocado empresários e políticos a contribuir progressivamente com cestas básicas e produtos específicos para o Hospital Cruz Verde. A instituição, referência em paralisia cerebral grave, é conveniada ao SUS, porém depende em mais de 35% de doações para manter os 204 internos permanentes.

As apostas começaram com Jorge Damião, ex-secretário de esportes e hoje presidente do Memorial da América Latina e o governador João Doria no final do Campeonato Paulista. De iniciais 10 cestas básicas, a quantidade de gêneros passou a ser duplicada pelos desafiantes.

Nesta quinta-feira, 9 de maio, o presidente do Fundo de Solidariedade do Estado de São Paulo, Filipe Sabará visitou o Hospital Cruz Verde e chamou a secretária de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo, Célia Parnes, para uma nova aposta, desafiando-a a entregar latas de leite em pó, atualmente escassas por lá.

Conselheiro da Cruz Verde, o empresário Bruno Setúbal desafiou o deputado Ricardo Mellão a dobrar a aposta. E assim, sucessivamente, Angelo Derenze, diretor geral da Casa Cor, convocou o gestor da Deca, Raul Penteado. O  construtor Wilson Veiga provocou a deputada estadual Carla Morando e o executivo Alexandre Topin conclamou a Claudio Carvalho, ex-secretário das regionais da prefeitura de São Paulo para participar da campanha #Apostadobem.

Criador da ação, Jorge Damião designou Michel Farah, empresário responsável por grande parte dos jardins e mobiliário urbano da cidade, a entrar no jogo.