Todos os artigos > Balcão do Cidadão Correios facilita acesso a serviços
Balcão do Cidadão Correios facilita acesso a serviços
Os Correios lançaram na manhã de hoje (26), no Rio Grande do Sul, o Balcão do Cidadão. A estratégia visa ampliar a parceria com instituições públicas e privadas para a oferta de serviços e outras conveniências nas agências dos Correios. É uma oportunidade na utilização da infraestrutura e da capilaridade das unidades de …

Balcão do Cidadão Correios facilita acesso a serviços

Publicado: 26.06.2019 - 21:01, por eCompare.com.br

<!-- --> Os Correios lançaram na manhã de hoje (26), no Rio Grande do Sul, o Balcão do Cidadão. A estratégia visa ampliar a parceria com instituições públicas e privadas para a oferta de serviços e outras conveniências nas agências dos Correios. É uma oportunidade na utilização da infraestrutura e da capilaridade das unidades de …

<!--

-->

Os Correios lançaram na manhã de hoje (26), no Rio Grande do Sul, o Balcão do Cidadão. A estratégia visa ampliar a parceria com instituições públicas e privadas para a oferta de serviços e outras conveniências nas agências dos Correios. É uma oportunidade na utilização da infraestrutura e da capilaridade das unidades de atendimento da empresa para expandir a prestação de multisserviços aos cidadãos.

Durante o evento realizado no auditório do prédio histórico dos Correios na Praça da Alfândega, em Porto Alegre, o superintendente estadual de Operações do RS, Hudson Alves da Silva, destacou a vocação histórica da estatal em colaborar para integração nacional e inclusão social. “O negócio dos Correios é oferecer soluções que aproximam. E o Balcão do Cidadão faz isso. Ele aproxima o governo e as empresas do cidadão. Uma empresa que está presente nos 5.570 municípios desse país é a empresa que tem realmente capilaridade para que a gente possa, de braços dados com o governo e com a sociedade, fazer essa junção. E é por isso que a nossa principal missão é conectar pessoas”, declarou Hudson.

O Chefe de Departamento de Soluções ao Cidadão, da Diretoria de Negócios dos Correios, Washington Davi De Almeida Alves, apresentou os ganhos a serem alcançados por meio do Balcão do Cidadão, tanto para governo quanto para a população. Lembrou que os Correios estão presentes em todos os municípios gaúchos com uma rede de 587 agências. “O Balcão do Cidadão vem colocar à disposição do governo e da sociedade essa estrutura que já está posta, já está instalada. E essa estrutura tem prestado um bom serviço pra população”, afirmou.

A presença física dos Correios, no entanto, não é a única vantagem oferecida pelo Balcão do Cidadão, já que o serviço tem também a sua vertente digital. Uma das possibilidades nesse sentido é a integração do Balcão do Cidadão com a Plataforma de Cidadania Digital, iniciativa do Ministério da Economia que prevê a modernização dos serviços públicos. “Nas agências dos Correios, nós temos hoje a maior rede lógica, de computadores conectados, do Brasil”, destacou Washington. A ideia é proporcionar ao cidadão uma experiência multicanal (começando a utilizar o serviço público no canal físico e finalizando no digital, ou vice-versa) e facilitar a resolução de diferentes necessidades em um único ponto de atendimento.

Washington citou, ainda, uma frase que consta no documento de constituição da Secretaria Especial de Modernização do Estado da Presidência da República: ‘o cidadão é a verdadeira e única razão da existência da estrutura de um governo democrático’. E declarou “É com essa frase na cabeça que nós temos trabalhado para desenvolver essas soluções e melhorar a experiência desse cidadão na prestação de serviço público”.

Na ocasião, foi assinado um protocolo de intenções para instituir parceria entre os Correios e o Governo do Estado do Rio Grande do Sul. Representando o governador Eduardo Leite, o secretário de Governança e Gestão Estratégica, Cláudio Gastal, falou da importância de integrar ações, buscar maneiras inovadoras de atender à população e resignificar a relação do cidadão com o Estado. “O cidadão quer o serviço, ele quer ser atendido, ele tem o direito de ser atendido e nós temos o dever de atendê-lo”, afirmou o Secretário. “A nossa expectativa é a melhor possível, por isso agilizamos assinatura do protocolo de intenções, para que a gente consiga dar passos rápidos porque a sociedade precisa, o cidadão precisa”, concluiu.

O protocolo de intenções é o primeiro passo para a atuação em conjunto entre os Correios e o Governo do Estado do Rio Grande do Sul. Através desta parceria, as agências dos Correios de todo o estado poderão oferecer uma série de serviços que serão definidos e customizados após reuniões técnicas, a exemplo de cadastro e recadastro; captação e validação de documentos; emissão de 2ª via; consulta e impressão; registro e entrega de documentos e captação de reclamações.

Um dos exemplos de solução já oferecida pelos Correios em parceria com um órgão público foi apresentada durante o evento pelo juiz Loraci Flores de Lima, da Corregedoria do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4). Ele explicou que desde 2013 o poder judiciário conta com o serviço v-post, através do qual os Correios recebem um documento judicial eletronicamente, fazem a impressão, efetuam a entrega, digitalizam o Aviso de Recebimento e encaminham as informações de volta à Justiça. “Uma ferramenta espetacular que funciona muito bem nessa parceria”, comentou. Porém, surgiu a necessidade de inserir uma nova funcionalidade neste serviço e os Correios fizeram uma adaptação para permitir a geração de um boleto para pagamento. A proposta de convênio para a execução desse novo serviço foi entregue nesta semana ao TRF4 durante cerimônia em Brasília. A expectativa é de que o serviço esteja disponível já no próximo mês, “com a confiabilidade do trabalho desempenhado pelos Correios”, destacou o juiz.

Conveniência e proximidade

Única empresa pública presente em todos 5.570 municípios brasileiros, os Correios já prestam vários serviços públicos em suas agências como a emissão, regularização e alteração de CPF, emissão de certificado digital, entrada no seguro por acidente de trânsito (DPVAT), distribuição de kit de conversão para recepção do sinal digital de TV e pagamento de aposentados de INSS por meio do Banco Postal. Alguns projetos-piloto já foram realizados com sucesso dentro da proposta do Balcão do Cidadão como a emissão de Carteira de Identidade no Rio Grande do Norte; emissão de Carteira de Trabalho no estado de São Paulo; e recadastramento escolar em Belo Horizonte (MG).

Com a ampliação de novas parcerias com a administração pública por exemplo, os mais de 11 mil pontos de atendimento dos Correios espalhados pelo país se tornam centrais de serviços do governo, locais onde os cidadãos podem encontrar serviços importantes e necessários no seu dia a dia. Assim, será possível gerar economia aos cofres públicos, encurtar distâncias e proporcionar melhor qualidade de vida aos brasileiros.