Todos os artigos > A importância de reposicionar marcas para os negócios
A importância de reposicionar marcas para os negócios
Share on Facebook Compartilhar Share on Twitter Compartilhar Share on Linkedin Compartilhar Send email E-Mail Print this Imprimir No mundo do marketing, o conceito de rebranding corresponde ao momento em que uma marca muda seu visual e posicionamento perante ao mercado. A alteração serve tanto para fazer com que a empresa acompanhe tendências estéticas ou …

A importância de reposicionar marcas para os negócios

Publicado: 18.03.2019 - 21:11, por eCompare.com.br

Share on Facebook Compartilhar Share on Twitter Compartilhar Share on Linkedin Compartilhar Send email E-Mail Print this Imprimir No mundo do marketing, o conceito de rebranding corresponde ao momento em que uma marca muda seu visual e posicionamento perante ao mercado. A alteração serve tanto para fazer com que a empresa acompanhe tendências estéticas ou …

Share on Facebook Compartilhar

Share on Twitter Compartilhar

Share on Linkedin Compartilhar

Send email E-Mail

Print this Imprimir

No mundo do marketing, o conceito de rebranding corresponde ao momento em que uma marca muda seu visual e posicionamento perante ao mercado. A alteração serve tanto para fazer com que a empresa acompanhe tendências estéticas ou para criar uma nova relação com clientes, fornecedores, parceiros e etc. E o rebranding pode ser fundamental para dar continuidade a um sucesso prévio ou para angariar um novo prestígio.

A ação de marketing pode se dar em uma alteração visual do logo, que pode ser uma mudança de cor, formato ou até mesmo o redesenho completo do símbolo, por exemplo. Além disso, existe a possibilidade de adições de frases ou slogans.

O rebranding é importante, também, porque a sociedade, e consequentemente o mercado, estão em constante mudança. “Empresas de cerveja nas décadas passadas exploravam o corpo da mulher para vender. A ideia era mostrar uma associação entre beber esses produtos e se dar bem na consquista, ou até mesmo associar cerveja e corpos saudáveis. Hoje isso não é mais aceitável e configura um sexismo”, explica o especialista em marketing Felipe Vanni, da agência Hugny.

Passado e presente

Mas nem sempre o rebranding é tão drástico. A reformulação pode ser realizada, inclusive, para unificar valores que sintetizam o trabalho da empresa. Esse é o caso da it.line, maior revendedora da Dell no Brasil por quatro anos consecutivos. Buscando realizar um trabalho de resgate e atualização, a empresa possui uma nova identidade visual e novas palavras chaves que conceituaram a marca junto ao mercado.

Juntando-se aos adjetivos que estruturam a empresa desde o seu início, há quase 15 anos, os novos conceitos que resumem a atuação da it.line são: Tradição, Confiança, Respeito, Credibilidade e Flexibilidade.

“As palavras foram escolhidas porque sintetizam os valores e servem como um guia para a atuação dos colaboradores. A atualização não somente resgata o passado, mas também nos direciona ao futuro”, pontua Sylvia Bellio, fundadora e CEO da it.line.

O novo conceito agrega os novos valores a todos os trabalhos desenvolvidos pela it.line, sejam os projetos de TI, Arquitetura Digital, Consultoria, Integração, Suporte, Virtualização, Cloud Computing ou Segurança Digital.

Nova identidade visual

Na parte visual, as alterações lembram a tecnologia em si, que se atualiza e melhora cada vez mais para trabalhar em função das pessoas. O rebranding do logo, que agora se baseia em uma ideia de conexão e integração, pretende passar o conceito de fluidez e agilidade, que permeiam o trabalho da it.line, explica o especialista Felipe Vanni, da agência Hugny, responsável pela ação.

“O logo representa teias que se entrelaçam para levar informações de um lado para outro. Isso tem tudo a ver com tecnologia e com o próprio trabalho da it.line em si. Ao mesmo tempo em que passa toda essa ideia, o logo é visualmente minimalista, seguindo uma das principais tendências atuais do design”, explica Felipe.

O formato circular e as cores do logo foram mantidas para que a tradição da empresa fosse preservada. A uma década e meia de funcionamento fez com que a it.line criasse uma associação com o mercado e colaboradores e por causa disso a alteração não foi tão brusca. Contudo, o tom do laranja utilizado é agora um pouco mais vivido. A ideia é deixar a marca mais jovem e conectada às novidades.

As letras do logo, que antes estavam em caixa alta e negrito, a partir de agora estão grafadas em minúsculo. A alteração deixa o nome da empresa com uma escrita ágil, leve e alinhada com o mercado de tecnologia e inovação.

O ponto laranja depois de “it” é uma alusão ao próprio logo arredondado que aparece antes das letras. A pontuação facilita o reconhecimento do nome da empresa, explicam os profissionais da Hugny.

Vídeo apresentação do rebranding: https://www.youtube.com/watch?v=Es4to9KBjLA&feature=youtu.be&fbclid=IwAR1qW9kMmxv6FxYKqkoNlVc1x75-9fnVmS1lOUDV7NmP0cAGh2wqiybaDEE