Todos os artigos > 5 passos antes de abrir uma empresa
5 passos antes de abrir uma empresa
Na hora que surge uma boa ideia para abrir um negócio geralmente o empreendedor pesquisa dicas de como colocar em prática o projeto. Por conta da ansiedade acaba pulando algumas etapas, por exemplo, sobre o que é preciso saber antes de abrir uma empresa.Alguns detalhes importantes ou burocracias necessárias, quando não são realizadas no momento …

5 passos antes de abrir uma empresa

Publicado: 10.12.2018 - 15:18, por eCompare.com.br

Na hora que surge uma boa ideia para abrir um negócio geralmente o empreendedor pesquisa dicas de como colocar em prática o projeto. Por conta da ansiedade acaba pulando algumas etapas, por exemplo, sobre o que é preciso saber antes de abrir uma empresa.Alguns detalhes importantes ou burocracias necessárias, quando não são realizadas no momento …

Na hora que surge uma boa ideia para abrir um negócio geralmente o empreendedor pesquisa dicas de como colocar em prática o projeto. Por conta da ansiedade acaba pulando algumas etapas, por exemplo, sobre o que é preciso saber antes de abrir uma empresa.

Alguns detalhes importantes ou burocracias necessárias, quando não são realizadas no momento certo, podem acarretar em problemas futuros.

Se você tem um projeto e pretende colocar o seu plano em ação, fica ligado nas dicas e o que precisa saber antes de abrir uma empresa. Contamos com a experiência e participação do consultor empresarial, Adriano Nodari.

1. Defina as prioridades

O primeiro passo antes de abrir o negócio é organizar suas ideias. Faça anotações sobre possíveis projetos que podem ser implementados, assim como o público que almeja atingir.

O consultor empresarial explica que o grau de afinidade do empreendedor com o ramo de atuação é de suma importância. “Muitas vezes o conhecimento é raso, porém quando escolhemos uma área pela qual temos afinidade, estudar sobre e adquirir todas as informações essenciais, será uma atividade espontânea e prazerosa”, acrescenta.

Tenha em mente o ramo, público e possíveis interessados pelos seus serviços. Essa é a premissa número um antes de começar qualquer empreendimento.

2. Estudar é imprescindível

Acreditar que gerir o próprio negócio é uma oportunidade de descansar dos estudos é um pensamento ilusório. Quanto maior o crescimento, independentemente da área de atuação, maior conhecimento será cobrado.

Além de definir produtos, serviços e público-alvo, é impossível descartar os conhecimentos essenciais em gestão para sua empresa não cair em futuras armadilhas.

Nesse post apresentamos algumas dicas simples de gestão empresarial para sua empresa decolar, clique aqui. A parte técnica como controle do fluxo de caixa, organização do estoque, pesquisa de mercado, estratégias de marketing e outras, não irão ficar de fora.

É bom preparar-se! O empresário não é obrigado a dominar todas as áreas da sua empresa, mas o mínimo de conhecimento precisa obter em cada setor, seja nas finanças ou operacional.

Não deixe para correr atrás das informações quando o negócio já estiver aberto, nesse caso o seu tempo será ainda menor.

“O ideal é buscar pelos conhecimentos necessários antes da inauguração do negócio. Muitas vezes, a ansiedade faz com que o empresário pule etapas e depois vai precisar correr atrás do prejuízo”, aconselha.

3. Tenha um plano de negócios

Essa é uma das primeiras etapas sobre o que preciso saber antes de abrir uma empresa. Errar no documento é simples de corrigir, porém deslizes na prática podem gerar prejuízos, e dependendo da gravidade, até o fechamento da empresa.

O plano de negócio é a apostila do empreendedor para a abertura da sua empresa. No material contém o passo a passo sobre todos os setores primordiais. Aqui vamos citar os três principais:

1. Análise de mercado;

2. Análise do produto (custo-benefício);

3. Organização do operacional e financeiro;

O Sebrae disponibiliza materiais com informações gerais sobre como montar o plano de negócios da sua empresa. Se precisar de informações mais detalhadas, inclusive, sobre outros setores na empresa, a consultoria com especialista é uma solução recomendada.

Se ainda não sabe nada sobre o plano de negócios, dê uma olhada nesse vídeo bem resumido preparado pelo Sebrae (confira).

4. Comece a pensar na estrutura

Após definir o segmento e ter o plano de negócio traçado é hora de definir qual a melhor estrutura para o nicho em que deseja atuar. Existem algumas opções como:

Aluguel de um espaço ou sala;

Aproveitar espaços disponíveis em casa e eliminar gastos no começo do negócio;Utilizar a estrutura online para vender os produtos e serviços.

De acordo com o consultor empresarial, existem algumas ressalvas ao escolher as opções citadas. Poder utilizar espaços em casa, seja na garagem, cozinha ou sala, é uma alternativa econômica para o começo, mas futuramente é importante pensar em espaços próprios e personalizados.

A estrutura online apresenta excelentes resultados. Mesmo entre aqueles que possuem pontos fixos, estar na internet aumenta o leque de visibilidade.

“Empreendedores que pretendem investir principalmente na estrutura online devem caprichar. Peça auxílio aos desenvolvedores e escolha a plataforma mais adequada conforme as necessidades do negócio, além de investir em estratégias de marketing online”, orienta.

5. Tenha clientes antes de abrir o negócio

É comum pensar o contrário: terei clientes quando abrir o negócio, porém, na lógica do mercado é viável ter clientes antes, o que irá contribuir para um começo de negócio com maior segurança, e claro, fluxo de caixa.

“Pesquise sobre os possíveis interessados, faça tabelas de precificações e já comece o processo de vendas, antes mesmo de partir para burocracias”, completa.